Blog

InovAtiva Brasil, programa de aceleração de startups é lançado

InovAtiva Brasil, além de capacitar e oferecer mentorias e networking, permitirá aos participantes acessos diferenciados a editais de recursos e projetos do CNPq e SENAI. Inscrições estão abertas até 19 de junho.

A Secretaria de Inovação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) lançou recentemente a terceira edição do InovAtiva Brasil, programa de capacitação, mentoria e conexão para startups brasileiras. Com novidades na edição 2015, a iniciativa irá oferecer aos participantes acesso diferenciado a editais de fomento do CNPq-SETEC/MEC e SENAI, além de perspectiva de internacionalização com fundo do Reino Unido. As inscrições já estão abertas pelo sitewww.inovativabrasil.com.br

O principal objetivo do programa, executado pela Fundação CERTI em parceria com entidades como Endeavor Brasil e SENAI, com apoio local da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação – SECITECI, Escritório de Inovação Tecnológica – EIT –UFMT, UNEMAT,  IFMT, ARCA MULTINCUBADORA, INCUBADORA SUCESSO, INCUBADORA I-DEIA,    é ajudar empreendedores a transformarem iniciativas inovadoras de qualquer setor (Tecnologia de Informação, Indústria e Serviços) em negócios de sucesso.

Segundo o secretário de Inovação do MDIC, Marcos Vinícius de Souza, o InovAtiva Brasil surgiu como uma resposta do Ministério a demandas recebidas há três anos por fundos de investimento, sobretudo estrangeiros. "Percebemos cinco grandes problemas no ecossistema brasileiro que motivaram a criação do InovAtiva: a falta de perfil empreendedor, validação e modelagem de negócios deficientes, capacitações inadequadas para negócios de alta tecnologia, metodologias específicas apenas nos grandes centros e pouco networking empresarial", destacou Souza na fala de abertura do do evento de lançamento da edição 2015, na sede da FIESP.

Em três pilares - capacitação, mentoria e conexão - o programa Inovativa já alcançou em duas edições 7000 empreendedores e profissionais cadastrados na plataforma, 2343 projetos submetidos, 178 mentorados e 95 finalistas. Nesta terceira edição, a proximidade com grandes empresas brasileiras de diversos segmentos será uma das prioridades, segundo apontou Souza - a ideia é atrair executivos de experiência para se tornarem mentores do programa e, com isso, passarem a identificarem oportunidades de negócios, inovação e aprendizado no ecossistema de startups. 

Fases do programa

Na primeira etapa, que vai até o dia 19 de junho, o InovAtiva receberá a inscrição de empreendedores em participar do ciclo de aceleração. Estão aptas negócios pré-operacionais ou empresas estabelecidas com até 5 anos de operação, aquelas com faturamento anual máximo de R$ 3,6 milhões e que não tenham recebido investimentos superiores a R$ 500 mil. Novos negócios (spin-offs) criados por empresas estabelecidas há mais de cinco anos também podem participar.

Após a fase inicial de inscrição, os projetos mais destacados passam para a segunda fase, na qual os empreendedores ficam em contato direto com mentores – empreendedores de sucesso, executivos de médias e grandes empresas, investidores e consultores – que ajudam as startups a compreender o mercado e a desenvolver seus produtos.

Na terceira e última fase, após mais dois meses de mentoria, os 100 negócios mais estruturados participam de uma banca de apresentação dos negócios a investidores e grandes empresas. Todas as atividades do programa são gratuitas aos participantes.

Números Edições 2013 e 2014

  • Projetos submetidos: mais de 2.300
  • Startups selecionadas (Fase 2): 178
  • Startups finalistas (Fase 3): 95

Cronograma

  • Lançamento: 27/04
  • Inscrição de projetos: 27/04 a 19/06
  • Divulgação dos 300 selecionados: 13/07
  • Fase 2: 13/07 a 09/10
  • Fase 3: 13/10 a 30/11

Mais informações sobre o Inovativa Brasil e inscrições: inovativabrasil.com.br